MICROCOMMUNITY SOLVING GLOBAL PROBLEMS | Mutabile Arquitetura

Projeto recebeu menção honrosa no Concurso Internacional promovido pelo Congresso Mundial da International Federation for Housing and Planning em Copenhague, Dinamarca. Além da premiação, os autores foram convidados para apresentar o projeto durante o Congresso de Estudantes, na Dinamarca. Equipe: Isabel Brant, Bernardo Araújo, Éder Andres, Mateus Andreatta, Tito Campos. Orientação: Maria Lucia Malard O projeto propõe um novo tipo de ocupação para o crescimento de favelas de encosta que melhora cinco questões de difícil solução nestes territórios, no que tange a atuação do profissional arquiteto: habitação, acessibilidade, segurança, uso e salubridade. A proposta de habitação é a de oferta de lotes aéreos que vão se tornando públicos ou privados na medida em que se dá a ocupação. Assim há uma distribuição pontual e constante de espaços públicos, coerente com o modo de ocupação característico da favela. A ocupação da grelha é flexível e as variações de ocupação geram diferentes conformações espaciais: a concentração das moradias liberam lotes contíguos que repercutem em amplos espaços públicos, assim como uma distribuição mais esparsa das moradias gera vários espaços semipúblicos. O pavimento superior de todas as grelhas é liberado para espaços públicos e edificações institucionais como escolas, postos de saúde e centros de atividades educativas.